24 de set de 2013

Cores famosas dos Batons da MAC - swatches e amostras nos lábios

Batom é um produto incrível que pode mudar completamente o look da maquiagem em 1 minutinho, e é claro que é um dos meus produtos favoritos.


Acho que toda mulher usa um batom, nem que seja de vez em quando, ainda que prefira os discretos. Eu antigamente não conseguia usar batom e cheguei a sair de casa com a boca só com base... cruzes

Então desde que me apaixonei por todas as cores de batom e comecei a trabalhar profisisonalmente com maquiagem comecei a investir mais em batons e pra mim os batons da MAC são um dos melhores: uma variedade gigantesca de cores e acabamentos diferentes, boa duração na boca dependendo do acabamento e um preço que é alto, mas acaba valendo a pena.


Além disso eu confesso que acho o máximo usar o mesmo batom que as minhas gurus preferidas do youtube usam e muitos maquiadores top internacionais usam nas modelos e celebridades. Sei que pode ser meio bobo, mas é uma questão de identificação, sei lá!

ENFIM! Chega de blablablá que hoje eu vim mostrar pra vocês os meus batons da MAC, que eu tentei montar de uma forma bem eclética abrangendo desde os tons mais discretos até os vermelhos. 

A minha "coleção" ainda é pequeninha, mas acho que dá pra ter uma boa noção de como os tons famosos ficam nos lábios pra ajudar na hora de escolher o seu!

Pra entender melhor, é bom lembrar que a MAC divide a sua linha de batons conforme o acabamento deles, que são:

  • Matte: São os batons mais opacos que eu já vi, e alguns deles chegam a manchar a pele por algumas horas depois que o batom já saiu, de tão pigmentados. A duração é uma das maiores e não saem do lugar ou borram de jeito nenhum, você não sente que está usando batom na boca.
  • Satin: Bem pigmentados e quase matte, mas levemente cremosos. Acho eles ideais pra quem quer um acabamento opaco mas sem marcar demais o ressecamento dos lábios. Não chegam a dar uma sensação de hidratação, mas também não ressecam mesmo.
  • Amplified: Super pigmentados e cremosos, sem brilho na formulação mas não ficam opacos na boca por causa da cremosidade.
  • Aplified Cream: bem pigmentados e cremosos como os amplified, mas tem shimmer ou perolado na composição, tendo assim mais brilho.
  • Lustre: Acabamento super hidratante e com menos cor, quase translúcido. Parecem um gloss em formato de batom.
  • Frost: Muito brilho perolado e cintilância com média pigmentação, e média hidratação também. Alguns tem efeito meio metálico,ão chegam a ser cremosos nem matte.
  • Cremesheen: Acabamento de gloss como os Lustre mas com brilho como os Frost
  • Glaze: É o acabamento mais translúcido de todos. Na embalagem a cor parece forte, mas o que fica nos lábios é só o brilho e a cintilância. 

Os meus nudes e discretos:


A MAC tem uma infinidade de batons nudes, desde os mais apagadões até os quase transparentes que se mesclam à cor da boca.

Escolhi um bem apagadão (Myth, Satin), um desses que se mesclam a boca (Hug Me, Lustre), um cor de boca mais boca mesmo (Kinda Sexy, Matte), um nude mais puxado pro coral (Ravishing, Cremesheen) e um bem coral (Vegas Volt, Amplified).

Aqui swatch deles na sequência: 
Myth, Hug Me, Kinda Sexy, Ravishing e Vegas Volt





O Myth é aquele batom quase cor de corretivo, bem apagado e opaco. Sempre vi ele em looks e achei lindo, aquele visual olho tudo boca nada fica perfeito com ele. Apesar de ser super claro, ele tem um leve fundo rosado, o que evita aquela aparência de boca de doente! hehe Gosto do fato de ele ser matte pois faz com que ele dure bastante nos lábios, e deixa ele versátil pois adicionando um gloss ele fica com o brilho que você quiser conforme o produto que usar.

Também é legal pra misturar com outros batons, pois é bem neutro. Sabe aquele rosa que ficou pink demais? Adiciona um pouquinho dele e a cor fica levemente mais apagada. Pra usar no centro dos lábios em conjunto com tons mais cor de boca pra dar o efeito de mais volume também é lindo.

É bem clarinho, então só fica bom pra quem tem pele clara ou levemente bronzeada. Quem tem a pele mais de 2 tons mais escura do que o batom é melhor procurar um outro "nude apagado" que combine melhor!



O Hug Me é aquele batom cor de "meus lábios, mas melhor", sabe?! É bem translúcido então se mistura com a cor natural, criando um tom neutro bem bonito. É mais puxado para os tons de marrom do que de rosa, então não é um tom muito alegre ou jovial, é bem neutro mesmo e super versátil. É o famoso batom que a Jeniffer Ainston usa!
Gosto bastante dele, o único problema na minha visão é o acabamento Lustre, que faz com que ele seja hidratante e fininho demais e acabe durando pouco nos lábios.
Pra quem quer uma boca nude mas não apagada e com cara de saúde, acho ele ideal. Só precisa de mais retoques!



O Kinda Sexy foi um dos meus primeiros batons da MAC e continua sendo um dos meus preferidos. Tem um tom cor de boca que combina com quase todos os tons de pele, neutro e levemente alaranjado, que dá um toque quente pra ele e foge do rosadinho que é mais comum. É um batom diferente, único. A textura é matte mas não resseca muito, e dura bastante nos lábios. Também fica lindo com gloss, principalmente aquele sem cor mesmo. Bem, sexy! hehe




O Ravishing é um tom de pêssego pastel lindo e clarinho, que fica delicado se aplicado em pouca quantidade ou até vibrante, se aplicado em mais de uma camada. É bem hidratante por causa do acabamento Cremesheen, mas não tem nenhum brilho ou cintilância a não ser o natural do acabamento. Em makes de festa, pra aumentar a duração e deixar ele mais marcante eu costumo usar um lápis de boca em todo o lábio primeiro, aplicar uma camada fina dele e fixar com pó translúcido. Tiro o excesso de pó e reaplico (já mostrei esse truque com fotos aqui). Isso garante umas boas horas a mais de duração e deixa a cor mais concentrada.




O Vegas Volt quase não se encaixa nos neutros, pois é bem vibrante. A cor dele é única, um tom de pêssego que tem laranja e rosa na composição, com um acabamento cremoso mas super pigmentado. Acho que ele tem sido o meu preferido de todos, por ter esse tom tão diferente. Não é uma cor que combina com todos os tons de pele. Ainda não experimentei ele em negras, mas acho que deve ficar bem vibrante. Em mim pessoalmente eu acho que não combina tanto por causa do cabelo laranjinha, mas às vezes mudo de idéia. Enfim, é um tom diferente e lindo que vale a pena investir pois até agora não achei nada parecido!




Dos tons de rosa da marca eu queria ter vários outros, mas escolhi alguns dos mais conhecidos e uma mistura de cores legais, desde o rosa clarinho clássico, passando pelo cor de boca, e chegando aos pinks super vibrantes e mais escuros.


Angel, Please Me, Snob, Pink Noveau, Girl About Town, Candy Yum-Yum



Angel é uma cor comum, o clássico rosa clarinho. O acabamento dele é bem cremoso e chega a ter leves brilhinhos pouco aparentes. Acho que por causa do nome ele me lembra muito aquele visual das angels da Victoria Secrets, com olho mais marcado e a boca delicada, rosadinha com brilho. Não é um batom super único, mas é legal de se ter. 



O Please Me é um rosa mais puxado para o cor de boca, que fica mais ou menos vibrante dependendo da quantidade aplicada e do tom de pele. Ele é matte e bem sequinho, então se os lábios não estão 100% ele marca bastante. Acho que fica lindo pra morenas de pele clara e loiras, mas não é um tom que combina com todo mundo. É aquele rosa que não deixa de ser rosa mas não chama tanta atenção. Não conheço nenhum tom parecido com ele de outras marcas.



O tão famoso Snob já foi superestimado, idolatrado, usado por quem combina e quem não combina com o tom, e agora tem sido injustiçado. Ele tem um tom de rosa frio e azulado que costumava ser bem único - hoje em dia não é mais porque surgiram inúmeras imitações e tons inspirados nele. O grande problema dele é que esse tom frio fica bem delicado em peles clarinhas e frias, mas cria um contraste em peles mais quentes e bronzeadas que acentua tanto o azulado do batom quanto o laranja da pele. Em alguns casos de bronzeados oompa-loompa style ele pode ficar bem parecendo pomada hipoglos colorida (vocês sabem do que eu to falando, ?!).
Mesmo com toda a discussão sobre ele ser da moda ou brega, ainda gosto bastante dele em peles clarinhas, fica um tom fofo quando aplicado em pouca quantidade, e bem vibrante se forem aplicadas mais camadas.



O Pink Noveau ficou mais famoso aqui no Brasil quando foi usado por uma personagem principal de novela, a vilã Ivone de não-sei-qual-novela-das-oito. Na época todo mundo queria ele e como sempre rapidinho ficou fora de estoque nas lojas da marca. O tom dele é um pink clássico que eu sinceramente acho meio sem graça e não vejo nada de muito diferente. Não sei se na época não tinham muitos batons nesse tom disponíveis no mercado, mas hoje em dia é super fácil de achar um substituto pra ele. Infelizmente eu só me dei conta disso depois que comprei, mas é um bom tom de pink clássico.



O Girl About Town já era bem conhecido, e começou a ser mais pedido ainda desde que a Livia Marine, vilã da ultima novela das 9 passou a usar. É um tom de rosa mais fechado e lindo, que por ser acabamento amplified é levemente translúcido e dependendo da quantidade aplicada fica mais claro ou mais escuro. Pra durar mais e ficar mais vibrante eu costumo usar um lápis de boca pink, roxinho ou até vermelho no lábio todo antes dele. Fica lindo e por ele ter essa textura mais levinha as cores se misturam, dá pra criar diferentes nuances com ele.



O Candy Yum-Yum é um absurdo de pink, um escândalo! O tom dele é tão vivo que chega a ser quase fluorescente, é aquele batom que chama atenção mesmo! Apesar de não ser discreto, usado com moderação nas outras áreas da maquiagem (ele sim pede um olho mais leve e um blush levíssimo), fica bem lindo! Ele é um dos mais opacos que eu conheço e hiper-mega pigmentado, que chega a manchar os lábios mesmo depois que sai. Isso é legal porque mesmo que toda a massa do batom saia da boca durante o dia ou a festa, você não deixa de estar com os lábios bem rosados. O ruim é que esse rosado não sai nem com demaquilante (é sério!). Na hora de fotografar, ele teve que ser o último, pois mesmo retirando com demaquilante e aplicando corretivo em cima o rosa continua sobressaindo. É bom saber! hehe



Os meus vermelhos e vinhos ainda são poucos, mas eu amo eles. De alguma forma consegui perder a foto do swatch deles no braço, mas dá pra ver direitinho a cor de cada um nos lábios:


O Morange é um laranjão super famoso que eu sempre desejei muito, e me decepcionei um pouco depois de comprar. O tom é lindo e tudo mais, mas o fato de ele ser super cremoso faz com que a cor que já é bem diferente seja ainda mais difícil de usar. Definitivamente não é todo mundo que fica bem com ele, e não é uma cor fácil de se combinar também. No salão até agora não consegui usar em nenhuma cliente, e até eu que uso tudo quanto é cor de batom ainda me estranho um pouco com ele. Mas uso bastante em editoriais e looks mais conceituais ou divertidos, onde tudo pode ser mais colorido. Ainda assim é um tom lindo e único, eu só gostaria que fosse um acabamento Satin ou Mate, ficaria bem mais fácil de usar. 



Dizem que o Ruby Woo é o batom mais vendido no mundo (?). Não sei se essa informação confere, mas ele realmente é um dos batons mais famosos e desejados que eu conheço. Eu demorei a ter o meu porque nunca tinha em estoque nas lojas que eu fui comprar ou que alguém tentou comprar pra mim. Ganhei ele a pouco de uma cliente e realmente é o melhor batom vermelho que eu já experimentei. Ele não é seco, é ultra-mega-master-blaster seco, o que exige lábios bem esfoliados para ficar bonito, mas faz com que você sinta como se não tivesse nada nos lábios, e ele não sai do lugar. Dizem que ele é Matte 2, mas na embalagem do meu diz só "matte". Mesmo assim acredito que ele seja um acabamento bem mais matte do que os outros matte, talvez se encaixe melhor nos novos "retro-mate", pois nunca vi nenhum batom tão sequinho na vida! hahah Transfere bastante é verdade, então cuidado com os guardanapos e o rosto das pessoas cumprimentadas! A duração é incrível e sem dúvida é um batom que vale a pena!



Sempre pensei que o Rusian Red e o Rubi Woo fossem parecidos (ou será que eu achei errado?), e nossa, eles não são nem um pouco! Talvez o tom de vermelho deles seja bem semelhante, sendo o Rusian Red levemente mais escuro e menos azulado. Mas o acabamento, apesar de ser descrito como igual, ambos matte, é bem diferente! O Rusian é aquele mate pouco opaco que chega a ter algum brilho de cremosidade, mais fácil de aplicar. No geral ele acaba sendo opaco, mas nada comparado à secura do Rubi Woo. Acho ele um tom de vermelho mais clássico, mais fácil de combinar com todos os tons de pele, e fica mais bonito em peles mais pigmentadas e negras. 



O Rebel foi o batom tão cobiçado desse inverno por ter esse tom de roxo/ameixa super único. Na verdade depois que experimentei ele achei bem parecido com o 42 da Vult e mais um tom da Avon, quando reunir os 3 vou fazer uma foto comparativa! Realmente é um tom super bonito, e fica divino em peles negras. Em peles claras também fica bonito, mas tem que ter um carão pra usar, não é nada muito clássico e muito menos discreto. Tenho adorado usar ele pra dar um toque diferente aos batons vinho avermelhados, fica divino! Resumindo é um batom que vale a pena, ma que pode ser substituído ;)


Eu não consigo me controlar e escrevi um super texto sobre cada um dos batons né?!

Bom, espero que seja útil pra quem está pensando em investir nesses bonitinhos!

Eu comprei a grande maioria dos batons fora do Brasil, ou encomendando de viagens. Aqui no Brasil eles sempre custaram R$79, agora com a nova política de preços da MAC eles passaram pra R$66. Lá fora dependendo do local eles custam U$15 a U$18 em média.



Não são batons baratinhos independente de onde se compra eles, mas se você tem um tom ou acabamento único que se apaixonou, ou uma cor perfeita pro dia a dia, eu diria que vale a pena sim investir neles.


Se quiserem alguma comparação é só pedir que se eu tiver o batom pra comparar monto um post com substitutos! ;)

1 comentarios:

Raquel Prado disse...

Adorei o post ! Muito útil !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem escreve?

Quem escreve?
JuliKa Oliveira, gaúcha de Porto Alegre, trabalha como maquiadora e designer de sobrancelhas e é apaixonada por beleza e compartilhar conhecimento! Contato pelo julika.oliveira@terra.com.br

Tags

tutorial (67) colorido (62) resenha (43) neutros (40) dicas (37) roxo (33) delineador (28) novidades (28) festa (25) artistica (22) azul (22) preto (22) dia-a-dia (20) dourado (20) make up (20) rosa (20) glitter (19) inspiração (16) trabalhos (16) swatch (12) make (11) paleta (10) tosquera (10) clientes (9) laranja (9) sobrancelhas (9) cilios postiços (8) vinho (8) NYX (7) coastal scents (7) concurso (7) dica (7) esmalte (7) lilas (7) verde (7) vult (7) BBB (6) fotografia (6) video gringo (6) youtube (5) antes e depois (4) crazy stuff (4) glítter (4) marrom (4) DIY (3) boneca (3) carnaval (3) maletas (3) organização (3) primer (3) TAG (2) maquiagem masculina (2) photoshop (2) vendas (2) c (1) coruja (1) fantasia (1) leve (1) pinceis (1) rimel (1)

Curta o All My Looks

Faça Parte!

All My Looks.com.br. Tecnologia do Blogger.

Sugestões

Ocorreu um erro neste gadget